Seguidores

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Nosso Terreno



O Terreno é bem grande (15x40) e, quando eu olho pra ele, eu fico cheia de dúvidas se fizemos a coisa certa.
Isso por que ele é muito bem localizado, grande e por perto tem casas muito bonitas. Por isso eu também me sinto pressionada, é claro, a fazer algo bonito. Não que eu não queira, mas é que... o sonho é grande e a grana é curta!!
Não pretendemos construir nada muito grande por causa do alto custo.
Pensamos em algo em torno de 75 ou 80m², mas dentro de mim, algo já diz que precisamos de algo um pouco maior. Talvez chegue aos 100m², se  conseguirmos pagar.
Outro pequeno medo é que na quadra não temos vizinho. Há uns 18 terrenos na mesma quadra e apenas 2 casas construindo e um terreno murado. As ruas que o cercam não são asfaltadas ainda... Mas isso é assunto para outro post. Depois conto como estamos correndo atrás do asfalto rsrs.
Ainda não completamos a documentação. Estamos no quinto passo, se seguirmos o post que fiz anteriormente. O problema é que, como o terreno é grande, todas as taxas são meio carinhas... E por isso temos que fazer aos poucos.
Em meio a tanta falta de grana, e um possível financiamento para longa data, eu fico me perguntando se devo ou não construir nesse terreno. Poderíamos procurar uma casa já construída ou mesmo um outro terreno para financiar e construir. Venderíamos este e faríamos algo mais plebeu em outro lugar...
Mas... poxa... Eu ja sonhei muito com ele.
E vou continuar sonhando. Talvez a gente consiga... 
O marido quer construir nele, mas eu não consigo saber o que ele realmente quer. Que tipo de casa quer e se tem noção do quanto vamos gastar. Embora ele diga estar empolgado, ele ainda não me convenceu disso. Espero que isso melhore logo. Talvez as tantas taxas e impostos o estejam desanimando e ele não queira me contar.
Mesmo assim, eu tento não me deixar abater. Como eu disse antes, a palavra de ordem é ECONOMIA e com ela a gente consegue!!

Como podem ver na foto acima, o terreno não está limpo, e tem algumas árvores.
Resolvemos não cortar nenhuma árvore desnecessariamente. Só tiraremos as que irão atrapalhar a estrutura da casa. Aqui é muito quente e quanto mais sombra, melhor. 
Alguém sabe que tipo de árvore é essa aí?? Queremos descobrir para saber suas características. Tb queremos dicas de árvores para que sejam plantadas nos fundos do terreno.


Nesta foto pode-se ver o asfalto onde parou. A frente do terreno é depois do carro. Ao longe dá pra ver o muro do vizinho dos fundos.

8 comentários:

  1. Oi Liliane, parabéns pelo blog. Vou ficar seguindo você!

    A respeito da construção, o que você pode fazer é pedir para o engenheiro fazer um projeto de uma casa grande (ex: 200m2), mas de modo que você possa, por enquanto, apenas construir uma parte.

    A vantagem é que se está no projeto, é fácil no futuro ampliar sem dores de cabeça.

    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  2. Legal, Renato! Eu não tinha pensado nisso, mas isso não atrapalharia o pedido de financiamento da CEF? Vou ter que pensar nisso quando fizer o projeto. Temos 2 construtores em vista que me fizeram preços médios bem parecidos. Mas ainda não fomos ver as casas por eles construídas. Ah, Renato, eu também gostei muito do seu blog. Ainda não consegui lê-lo todo, mas vou ler, pq gosto de saber a história todinha da obra que estou seguindo. Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. BOM O TERRENO É GIGANTESCO, ADOREI, QUERIA UM ASSIM TB... HEHEHEHEHE

    PODERIA TER ATÉ MINHA HORTINHA.

    PARABÉNS PELA AQUISIÇÃO, NAUM DESISTA DESSE TERRENO MENINA.

    FAZ O SEGUINTE SEGUE O QUE O RENATO E A GI DISSERAM.

    SÓ UM DUVIDA.

    SEU TERRENO É GRANDE ASSIM PQ???

    CONTINUE FIRME AI QUALQUER COISA DÁ UM GRITO!!

    BEIJOKAS....

    ResponderExcluir
  4. Rê e Dê, o loteamento do bairro é grande mesmo. O padrão ali é 600m², salvo os de esquina que ficam com 467,50m² e os das ruas secundárias que são de 480m². O Nosso foi mais barato por causa da falta do asfalto, mas essa é uma luta a parte rsrs. O dono do terreno precisava vender rapidamente e cobrou o preço justo. Os lotes aqui valorizaram demais por causa do tal boom imobiliário. O antigo dono tem outro terreno ao lado, do mesmo tamanho, mais próximo a esquina, bem onde está o carro. Era o que eu escolhi, mas acabei fazendo a documentação do terreno ao lado. rsrs

    ResponderExcluir
  5. Liliane, é um terreno muuuito bom!! E está bem pertinhpo do asfalto! Não desanime, não que aos poucos as coisas caminham e dão certo. Tenha fé e calma!! (Nossa, quanto tenho ouvido isso ultimamente, rsrsrs). Há 3 semanas não consigo sguir nenhum blog, só dá erro, mas estarei por aqui te acompanhando mesmo assim. Bjs e boa sorte.

    ResponderExcluir
  6. Olá... vi seu nominho e como é o mes,o q o meu por curiosidade vim olhar e jám to te seguindo tá, chará... muito boa sorte na empreitada!! bjuss

    ResponderExcluir
  7. Liliane, não desista do sonho.
    Viu, uma casa para ser confortável não precisa ser grande. Aliás, quando menor a casa, melhor de mantê-la!
    Projeta 80 ou 90m2, depois amplia.
    Olha, com 90m2 dá para fazer dois quartos, banheiro, cozinha, duas salas, área de serviço e ainda uma garagem! A minha vai ter 100m2 (área útil), mas a garagem é dupla...
    Obrigado pela visita no bloguinho (http://minhacasaconstruir.blogspot.com)
    Um abraço, Charles

    ResponderExcluir
  8. Liliane, vejo a necessidade de construir uma casa a união do sonho de uma familia toda, com um orçamento mais apertado deve avaliar a execução da construção por vocês próprios, pois entregar em uma construtora muitas vezes pode ser um pesadelo.
    A escolha de um bom profissional de arquitetura, auxilia na criação de um projeto bem dimensionado e com possibilidade de ampliação, além de fornecer um orçamento aproximado do gasto com a obra. Uma forma de saber aproximadamente quanto irá gastar na obra, verifique o CUB do seu estado e multiplique pela metragem quadrada aproximada da obra.
    Espero ter ajudado, Um Abraço!

    ResponderExcluir

Siga pelo seu Email